São Jorge D'Oeste, terça, 18 de junho de 2019 21h : 12m - Paraná - BR

Notícias

Autor: Sidnei

Assinada a ordem de serviço para construção da nova câmara

Assinada a ordem de serviço para construção da nova câmara
Através do entendimento entre o legislativo e o executivo, a nova sede vai ficar na casa de cultura, que será totalmente reformada e terá auditório para 300 pessoas.

Da assessoria – Na manhã de ontem, 16, aconteceu o ato de assinatura e entrega da ordem de serviço para a construção da nova sede da câmara de vereadores, no gabinete do prefeito Gilmar Paixão (PDT), em São Jorge D’Oeste. Depois de muito debate, se optou pela reforma da Casa de Cultura, que estava praticamente inutilizada, para receber o legislativo.
No local, será edificado um auditório para 300 pessoas, que deve servir de sede para eventos culturais, reuniões e assembleias. “Num primeiro momento, pensamos em fazer uma reforma na atual sede da câmara. Também tínhamos outros terrenos, mas durante a conversa, pensamos nessa construção, pois a casa de cultura precisava de reforma e optamos em fazer essa obra que vai manter o espaço com seu papel e melhorando para receber a câmara. Não temos hoje um auditório para poder comportar determinado público e quando a obra estiver pronta, vamos poder receber encontros de toda a região, num espaço confortável, tanto para os vereadores trabalharem, quanto que para a população”, disse o prefeito Gilmar Paixão (PDT).
O investimento, com recursos próprios, é de R$ 975 mil numa primeira etapa. “É uma obra grandiosa para dar comodidade à população”, destacou o prefeito. A obra será executada pela Cazenge Engenharia, de Dois Vizinhos, que venceu o processo licitatório com outras quatro empresas. A construção deve começar no início de maio.
O presidente da câmara, Odinei Rebonatto (PDT), ressaltou que a nova câmara será um cartão postal para o município. “Estou muito feliz e, em nome do legislativo, temos que agradecer o trabalho de todos os vereadores, do prefeito, até chegarmos nesse momento tão importante, de entrega da ordem de serviço dessa obra que há muitos anos está sendo discutida em nossa cidade. Na última gestão, do Jovandir Tessaro (PV), entramos em consenso para que essa obra saísse do papel. Graças ao bom entendimento com o executivo, a obra vai começar nos próximos dias e vamos todos acompanhar, fiscalizar, para termos grande qualidade na nova câmara”, disse.
O vereador Valsir Copelli (MDB) também exaltou a importância da obra. “Eu que venho de outros mandatos, lembro que sempre discutíamos se íamos fazer ou não a câmara e agora entramos num entendimento para que essa obra fosse feita no centro da cidade, comportando a casa da cultura e a câmara juntas, tendo um salão para receber grandes eventos, para escolas, entidades, gerando uma ocupação que vai beneficiar toda a população”, acrescenta.
Já o vereador Osvaldo Herpich (PDT) tratou o momento como histórico. “Há dois anos estamos discutindo essa nova câmara e é um ato histórico não só para os vereadores, mas para a população, onde teremos um auditório para mais de 300 pessoas nessa nova casa da cultura”, completou. A vereadora Erondina Martinello Secco (PSC) também sobre a importância da obra. “Na primeira viagem que fizemos, depois que assumi como vereadora, fomos para Salgado Filho no encontro da Amsop e eu até comentei que seria meu sonho construir a nova câmara. Que bom que vai sair nesse mandato”, disse.
O engenheiro Luiz Cazella, da Cazenge Engenharia, destacou que o objetivo é cumprir todos os prazos. “Estamos muito satisfeitos em tornar essa grande obra realidade e, com certeza, vamos trabalhar com muito esforço e vontade pra terminar dentro do prazo estabelecido e com muita qualidade”, conclui.